quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O blogue dos 300

Com a adição, há poucas horas, de um novo "seguidor", passaram a 300 os amigos deste espaço que, de forma regular, têm acesso simultâneo à publicação de novos posts.

Aqui fica o meu abraço grato a quem tem a paciência de ler-me.

12 comentários:

Anónimo disse...

é um privilégio poder ver noticias correntes profissionalmente enquadradas, mesmo quando não são

CybeRider disse...

Paciência?!... O que temos é bom gosto! (E sorte por manter o espaço aberto a tanto mirone - por mim falo!). Obrigado, pela fatia que me cabe, e votos de um bom ano, com muita saúde.

ZéBonéOaparvalhado disse...

Meu Caro e Senhor Embaixador,

Se sou visita diária é porque acho o seu blog interessante - como dizia Alves "Cantos" Santos - um blog com "pertinacia"

Jose Martins disse...

Senhor Embaixador,
Em dois anos com essa "pedalada" no final de 2011 está na proximidade dos 500!
De minha parte continuarei a visitar o duas ou três coisa!
Saudações do River Kwai
José Martins

Anónimo disse...

Senhor Embaixador, o título deste post trás à memória as célebres "lojas dos 300" da era do escudo.

Não entro na estatística dos "seguidores", mas sou uma seguidora incondicional que não resiste a dar uma espreitadela mesmo em férias!

Isabel BP

Helena Sacadura Cabral disse...

Faço parte dos "comentadores fundadores" deste blogue. E neste final de 2010, agradeço-lhe todas as boas horas de aprendizagem, de sorriso, de suave irritação - ando preocupada porque há meses que não discordo de si -,e de muita admiração.
Ajudou-me Senhor Embaixador, a par de meu irmão mais velho, a ver a carreira diplomática com outros olhos. Logo eu, que tanto a quis seguir e não pude por ser mulher. Outros tempos; outras vontades!

Pedro disse...

não só de ler

de gostar do que escreve

Anónimo disse...

Bem ...
Não sei se as Lapas(Como eu) per Si têm direitos...

Mas estava a pensar que têm deveres...

Nomeadamente de gratidão...

A primeira vez que contactei uma editora para editar um livro de poesia obtive resposta volvidos seis meses(Parece que nem foi muito)extremamente simpática e a abrir-me janelas de oportunidade para projetos pós morte...

"Minha Senhora o nosso plano editorial para si é Póstumo"

Mantive(Sabe Deus) o bom autoconceito quando alguma perspicácia me elucidou sobre o não manuseamento do livro, estava intacto as folhas não tinham sido sequer "Folheadas"...

Agora imaginem quando alguém que considero idóneo, que sempre representou do ponto de vista intelectual Aquilo que quero ser se chegar algum dia a ser grande, Me publica alguns dizeres com configuração às vezes em estilo literário dúbio com a paciência de Alberoni analogia com coragem, como não hei-de estar...

Obrigada sr. Embaixador
1º com o que pessoalmente me tem ensinado, depois pelas publicações gratuitas autênticos nutrientes de autoestima e ainda por cima com uma revisão prévia de seriedade sensatez e saber incomensurável.

Isabel Seixas

Julia Macias-Valet disse...

PA-CI-ÊN-CIA !???
"Pour Toutatis !!!"

Sim, talvez paciência... porque às vezes espero pacientemente novos posts, espreito duas ou três vezes no mesmo dia, ora para ler e comentar, ora para ver o que os outros leitores comentaram.

Helena SC um destes dias ainda ganhamos uma medalha "Patiemment votre !" : ))


Feliz Ano Novo (300 vezes) e sejamos pacientes em 2011 ; )

Anónimo disse...

Podemos então formular propostas de Desejos para 2011...

Ora então...
Caso não se lembrem

Estar preparado para a hora
a qualquer hora é
não omitir o amor da amizade
nem a amizade do amor...

Gastem todos:

os olhares caricia
Os beijos gestuais
Os sorrisos insondáveis
os contactos visuais

Os nutrientes à malícia
Segredos a degredos inviáveis
Os prazeres do paladar
Travos a libidos selvagens

Sonhos como passas são sonhados
Doze até à meia noite, não é demais
Derretidos língua palato molhados
Gastos em 2011 há muitos,;.!? Mais

Boas saídas
Boas entradas
Isabel Seixas

Helena Sacadura Cabral disse...

Cara Julia
Estou de peito feito - raio de expressão esta, tão nossa - para a receber. E de, ufana, a passear!
Já pensou quantas medalhas não receberia o nosso Embaixador, só por ter a paciência, de nos aturar?!

Julia Macias-Valet disse...

Helena, se o nosso Embaixador recebesse todas as medalhas que merece pelo facto de nos aturar...deixava de ser Embaixador para passar a ser General : )))