quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Isabel Meyrelles

Há quase um ano, tive o prazer de entregar uma condecoração a Isabel Meyrelles, uma personalidade da cultura, ligada ao movimento surrealista português, há muito residente em Paris.

Em Lisboa, a exposição "Cadavre-Trop-Exquis", na Perve Galeria - na Rua das Escolas Gerais, 17/23, até ao final deste mês - apresenta trabalhos de Isabel Mayrelles, dessa grande figura do Surrealismo português que é Cruzeiro Seixas (e de quem não sou parente) e de Benjamin Marques, outro artista português também residente em Paris. 

O jornal "Público" traz hoje uma interessante peça sobre Isabel Meyrelles que pode ser lida aqui.

1 comentário:

Margarida disse...

Interessantíssimo percurso de vida de uma mulher portuguesa, nascida no norte marítimo no finalzinho dos anos vinte do século passado.
A quantidade de histórias, a imensidão de gentes, a profusão de beleza que esta senhora viveu, conheceu, criou, serão indizíveis...
Esta menção é muito justa e a leitura da peça do "Público" muito enriquecedora.
Obrigada.