terça-feira, 26 de outubro de 2010

Facebook

Hoje, acordei "no" Facebook. Sem que nada tivesse feito para tal, sem nunca me ter passado pela cabeça entrar na "rede social", alguém me "colocou" no Facebook, com fotografia (retirada da Wikipedia e tudo).

E, logo, alguns conhecidos, simpaticamente, já se "ligaram" à minha página... 

Alguém me pode dizer como conseguir "desarriscar-me" (como se diz no "argot" de Vila Real)?

18 comentários:

César Ramos disse...

Boa noite,

Mais do que 'rede social', esta progressão geométrica de "amigos" é uma verdadeira praga social.

É o "tu cá", "tu lá", como se tivéssemos andado todos na mesma escola!

"Caindo" nesta engrenagem, na falta de outra solução é ignorar e apagar tudo o que aparecer, até se cansarem.

É a trabalheira que tenho com frequência, pois não sei como sacudir estas viroses.

Adorava também 'desarriscar-me' ou saber como 'riscá-los' do mapa!

Cumprimentos,
e votos de
paciência.

César Ramos

Julia Macias-Valet disse...

Busters à la rescousse !!! : ))

Caro embaixador, entao é assim para se "desrriscar" (em Moura dizem assim : )

Depois de abrir a sua pagina Facebook :

1 - No canto sup. direito abrir "Conta"
2 - Ir até "Centro de Ajuda"
3 - Utilizar o Facebook
3a) - Perguntas principais : Como é que elimino a minha conta permanentemente
4 - Deactivate Account
4a) CLIQUE em deactivate

Tenho a certeza que ja encontrou sozinho ; ) Isto foi so para nos irmos espreitar o seu Facebook : ))

PS. Mando a factura pelo correio : )))

Daniel disse...

Senhor Embaixador, Penso que será uma tarefa difícil visto que, abusivamente, alguém criou uma conta com um e-mail e uma password com o seu perfil! O que talvez possa fazer é uma denúncia à Facebook.Para sair do facebook definitivamente tem de solicitar o seu pedido. Assim sendo, recomendo que abra a página do seu perfil e aceda à sua conta, onde poderá ler serviço de ajuda. Depois, “clica” em perguntas mais frequentes onde em principio aparece a primeira questão “Que devo fazer para eliminar a minha conta”. Daniel Ferreira de Almeida

Anónimo disse...

bom dia: em principio basta ir ao fim da pagina onde viu o seu falso perfil e onde diz denunciar pagina clikar e seguir os passos indicados. além claro de avisar os seus amigos por mail que não é voçe. espero que seja util esta info.

Nuno Resende disse...

Caro Embaixador,
A wikipédia associou-se ao facebook. A segunda utiliza a informação da primeira para criar páginas a que os facebookianos aderem clicando em "gosto". Portanto, não se tratou de um roubo de identidade, nem da criação, por alguém, de uma página individual com o seu nome.
Cumprimentos,

Helena Sacadura Cabral disse...

Senhor Embaixador
Ria-se comigo. A mim aconteceu-me algo semelhante. Há 3 - três - HSC no Face, onde originariamente havia apenas uma. Duas delas têm diferentes retratos meus.
A terceira não sou eu. É uma cachopa cujo colo de cisne se mostra em todo o seu esplendor... mas que nada tem a ver comigo. Aliás, passe-se a imodéstia, não tenho o dito colo, mas sou mais bonitinha!
Pois bem, tentei acabar com tudo. Reclamei para o Face, utilizei uma faculdade que existe na folha, para fechar a conta, pedi apoio. Nada consegui até hoje.
Ao contrário, o meu filho Paulo teve uma página clonada e conseguiu acabar com ela. Mas, como aqui em casa há a regra estrita da família não se servir da família, eu nunca soube como a coisa foi conseguida.
Se alguém lhe ensinar como fazer com eficácia, partilhe comigo por favor!

Cromo do Facebook disse...

Já está resolvido. O que deixei ficar foi uma página de fans, com a descrição da Wikipédia. Cumprimentos

http://www.facebook.com/#!/pages/Francisco-Seixas-da-Costa/133392116703959

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro "Cromo do Facebook": E não se pode "exterminá-lo", isto é, ao texto e foto, fazendo desaparecer toda a referência a mim no Facebook? Ficar-lhe-ia imensamente grato.

Anónimo disse...

não peça muito,,,:))))os geeks são especiais...

Cunha Ribeiro disse...

O Facebook é "música pimba"; os blogues são música classica e erudita

Como do Facebook disse...

Isso é mesmo impossível, caso contrário fazia-o com todo o gosto, visto que uma página de fans com espelho na wikipedia qualquer pessoa pode criar. Mas pense que terá um vasto grupo de companheiros que vão desde Estaline a Churchill passando por Onassis e Elvis. Feel like in heaven... :)

José Martins disse...

Senhor Embaixador,
Malefícios da internet...
Já outras figuras públicas figuram no Facebook, Hi5, MSN etc.etc.etc.
A Internet é uma selva e o melhor é não nos perdermos dentro dela e deixar correr o "marfim" sem nos importarmos com o que sai.
Uum dois ou uma dúzia ainda se podem parar ou processar, mas milhões será impossível..
Saudações de Banguecoque
José Martins

José Martins disse...

Senhor Embaixador,
Malefícios da internet...
Já outras figuras públicas figuram no Facebook, Hi5, MSN etc.etc.etc.
A Internet é uma selva e o melhor é não nos perdermos dentro dela e deixar correr o "marfim" sem nos importarmos com o que sai.
Uum dois ou uma dúzia ainda se podem parar ou processar, mas milhões será impossível..
Saudações de Banguecoque
José Martins

mips disse...

Caro embaixador

Há dias que penso neste seu pedido de ajuda...

O Facebook é um espelho, possivelmente distorcido, das relações sociais reais. Um grande problema são os espaços criados pela diferença entre estas relações reais e as suas imagens virtuais, dando lugar a casos como o seu em que alguém "se chega à frente" para colmatar essa lacuna, deixando-o a si de fora.

Se eventualmente tiver sucesso na supressão do seu perfil, quem lhe garante que não volta a surgir?

Proponho-lhe que assuma um lugar definido por si, sob seu comando.

Comparo esta situação com a questão de há uns anos - ter ou não ter telemóvel. Hoje ainda nem todos têm Facebook. Eu compreendo e gostaria que se pudesse optar por não participar, mas será isso possível? por quanto tempo?

Artigo de um comentador de tecnologia, que fala de algumas fragilidades mais recentes deste "serviço".

"http://itmanagement.earthweb.com/secu/article.php/11076_3908656_1/Is-Facebook-Security-an-Oxymoron.htm"

Julia Macias-Valet disse...

Caro Cunha Ribeiro nao posso estar mais de acordo consigo (é a segunda vez que estou de acordo consigo, num curto espaço de tempo).

No outro dia falava com uma amiga dependente de Facebook e eu dizia-lhe que prefiro "un petit comité" de blogues.
Obtive a seguinte resposta : "Os blogues sao muito intelectuais !"
Talvez ! Mas pelo menos aprende-se mais qualquer coisa do que : LOL, é o maximo, ehehehehe, mdr (mort de rire), yaaaaa !!!!!, XD ou :DD et j'en passe...

Sobretudo o que é cansativo é de ver a necessidade que as pessoas têm de estar constantemente a dizer onde estao e o que estao a fazer.

Anónimo disse...

Argot, em Vila Real?
É boa!...

Helena Sacadura Cabral disse...

Caros Julia e Cunha Ribeiro não posso estar mais de acordo convosco. E até gosto de petits comitées...

Francisco Seixas da Costa disse...

Muito obrigado a todos quantos me ajudaram a "sair" do Facebook. Aprendi imenso...