sexta-feira, 2 de julho de 2010

Nicole Fontaine

Nicole Fontaine é uma mulher política francesa, com grande experiência nas lides europeias. Foi ministra da Indústria, no governo Raffarin. Em 1999, protagonizou uma acesa competição com Mário Soares, ganhando-lhe na disputa pela presidência do Parlamento Europeu. O modo atípico como as coisas então se passaram prenunciava um futuro complexo para o seu relacionamento com Portugal. Recordo-me de a ter visitado, no seu gabinete de Estrasburgo, poucos dias depois da sua entrada em funções. Portugal seria o primeiro país a ser visitado por Nicole Fontaine. O seu entendimento conosco foi sempre impecável.

Na passada sexta-feira, fui um dos seus convidados pessoais na cerimónia em que a ministra da Economia, Christine Lagarde, lhe fez entrega de uma alta condecoração francesa. Fiquei satisfeito ao ouvi-la testemunhar o grande apreço que mantém pelo nosso país.

5 comentários:

V disse...

Se me permite, concluo: se outros méritos não tivesse, a Srª Nicole Fontaine teria a de não confundir Portugal com o Dr. Mário Soares.
V

Nuno Sotto Mayor Ferrao disse...

Caríssimo Embaixador Francisco Seixas da Costa, lembro-me bem da acesa querela que houve em tôrno da disputa entre Mário Soares e Nicole Fontaine a propósito da Presidência do Parlamento Europeu. Penso que Mario Soares pelo seu prestígio internacional e pela sua visão progressista poderia fazer a diferença para dotar a Europa de um novo rumo.

Saudações cordiais

Anónimo disse...

Prazer em conhecê-la.
São tão Raras
Citando a minha avozinha
"Que coraige"

Eu sei que é Saber...Ultrapassar barreiras insondáveis, insidiosas, dissipar orgulhos em beneficio do serviço público como missão/desafio...

Para não me alongar(o que é difícil)

Gosto de sentir o Respeito pelo Respeito "Entre Pares"(Em que a diferença de género não sussurra sequer indelevelmente a equidade de responsabilidade profissional.)
Isabel Seixas
Isabel Seixas

Anónimo disse...

Do episódio referido, Mário Soares versus Nicole Fontaine para a Presidência P.E.,vale a pena referir a comicidade de um mal entendido:
A páginas tantas MS disse que a NF faltava fazer "o trabalho de casa",no sentido correntemente usado pelos portugueses, estou certo,de preparção prévia dos assuntos em debate. Os "amigos" de Nicole sairam à estampa:Machista,machista, mandou a Nicole para casa passajar

Anónimo disse...

As Emboscadas da língua...
Acredito que ambos se respeitaram como verdadeiros adversários...
Isabel Seixas