quarta-feira, 12 de maio de 2010

Surrealismo

Artur Cruzeiro Seixas fará este ano 90 anos. É a principal personalidade viva do surrealismo português. No passado sábado, fiquei muito satisfeito ao ver trabalhos seus expostos na principal sala da Dorothy's Galery (27 rue Keller, em Paris).

Nesta oportuna mas simples rememoração do movimento surrealista, por lá encontrei a escultora Isabel Meirelles com o pintor Benjamim Marques, outras honrosas presenças portuguesas nesta exposição.

Paris continua a ser um local único, onde, de há muito, se cruzam gerações muito distintas de artistas portugueses.

2 comentários:

Helena Sacadura Cabral disse...

Há três meses visitei a Fundação Cupertino de Miranda que tem uns Cruzeiro Seixas fabulosos.
Os noventa anos do pintor face aos cem de Manuel de Oliveira são, felizmente, ainda poucos.

Anónimo disse...

"Cruzeiro Seixas"

Fez-me pensar em digressões por árvores genealógicas... em fenómenos de Encarnação e reencarnação...
Exatamente...
Surrealismo

Mas a mim fazia-me falta a outra cor...

De qualquer forma lindo.
Isabel Seixas