sexta-feira, 7 de maio de 2010

Rigor

Foi com alguma surpresa que membros da delegação oficial do primeiro-ministro português, hoje de visita a França, notaram a aberta rejeição, por parte do primeiro-ministro francês, de aceitar o qualificativo de "plan de rigueur", usado por um jornalista para qualificar as medidas de controlo orçamental que havia anunciado no dia anterior.

A surpresa vem do facto de que, em Portugal, falar de "plano de rigor" ser perfeitamente aceitável para descrever políticas de restrição financeira.

Porquê, então, a diferença de conceitos? Porque em França, historicamente, o discurso político consagrou a expressão "plan de rigueur" como significando medidas que combinam corte de despesas com aumento dos impostos. Ora o governo francês diz que não vai haver qualquer aumento de impostos.

Às vezes, traduzir palavras é diferente de traduzir conceitos.

1 comentário:

Anónimo disse...

"Traduzir palavras é diferente de traduzir conceitos."

Olá...

Não sei...
Que hei-de escrever
Na tua lápide

Pedem-me...
Pela enésima
Vez

Perplexos...

Como se escreve?...

Bem Me quer
Num lago
Inconformado
De lágrimas cálidas
Madrugadas ...Sós

És...
Os meus sentidos
os olhares lívidos ternos vivos
Os sonhos anónimos
Sorrisos enigma
A paz sem esgrima
Jardim de flores silvestres

Como se escreve?...

A voz...
Sim...
A Vós

Liberdade
Verdade Absoluta
Simples
Amor
Saudade

Pai

Heresia
Escrever na Tua Lápide

Continuas

Na nossa pele

A caminhar
Nos silêncios vivos
Do Nosso Olhar

Desculpa
A forma encontrada
De Te libertar

Isabel seixas