terça-feira, 25 de maio de 2010

Artistas portugueses em França

Tenho pena de não sermos nós a organizar esta exposição aqui em Paris, mas quero saudar vivamente a iniciativa da Câmara Municipal da Amadora ao apresentar, na galeria Artur Bual, até 13 de Junho, uma mostra de "Artistas Portugueses em França".

Aí fica a impressionante lista de artistas representados: Alfredo Margarido, Alvess, António Branquinho Pequeno, António Dacosta, Augusto Barros, Baptista Antunes, Benjamin Marques, Bertino, Cargaleiro, Costa Camelo, D’Assumpção, Darocha, Dimas Macedo, Eduardo Luiz, Gonçalo Duarte, Jacinto Luís, João Moniz, João Vieira, José David, Júlio Pomar, Isabel Meyrelles, Luís Rodrigues, Manuel Amorim, Paula Liberato, Pedro Avelar, Rodrigo Ferreira, Sónia Prieto e Vieira da Silva.

Parabéns por esta magnífica iniciativa. Para a ilustrar, deixo a imagem de uma obra de um dos artistas que figuram na exposição, Dimas Macedo, que há meses desapareceu.

5 comentários:

Anónimo disse...

Oh Embaixador, não haveria talvez uma peça mais interessante para colocar no seu Post, entre tantos artistas?
Albano

Helena Oneto disse...

Albano tem razão! Este "bouquet" de nomes sonantes merecia uma obra prima!

Anónimo disse...

Sem querer ser espírito de contradição (Que ideia)...

Eu gosto

Sob este olhar... Claro

Flexibilidade de tronco... Alicerce
lábios suaves silenciados...
Vergar sem partir...

Oh!

Quero lá saber... que não fosse essa a intenção do escultor... Isso é uma futilidade do pensamento protocolar...

E a alusão subtil ao verde e ao turquesa...

Fascinante e como eu gosto e invejo

Simples...

Isabel Seixas
Sr. Embaixador não é nenhuma homenagem gratuita a Si(Não me esqueci)

Simplesmente julgo saber...
(Cabral: 2010)
Os direitos do usucapião não englobam irreverências Per Si(Que pena)

Adelo disse...

Cada um vê a peça conforme a sua fome.
A mim, tais peças lembraram morcelas.
só faltou o cheirinho das especiarias que as temperam lá nas Beiras.

Teo Dias disse...

De relembrar igualmente que Alvess após uma mostra importante em Serralves... resolveu ausentar-se.

Já não sei se foi a primeira, mas de certeza foi a última de um artista muito ignorado na cidade-luz.