terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Parques

Há dias, num parque de estacionamento de Paris, reparei que o som ambiente eram passarinhos. Tempos mais tarde, noutro espaço idêntico, verifiquei que tinha sido aplicado um "spray" com agradável cheiro a flores. Noutro ainda, emprestavam aos clientes guarda-chuvas, cestos para compras e até bicicletas!

Aos preços exorbitantes que por aqui são praticados, um destes dias ainda vamos ter direito a uma refeição incluída...

10 comentários:

Patrick disse...

Contato com pássaros e flores: exatamente o que a sociedade do automóvel destrói.

Helena Sacadura Cabral disse...

Senhor Embaixador
O seu post animador e a foto gélida de um parque vazio que se quer humanizar, impressionou-me...
Concordo com o Patrick. Fazemos o mal e depois disfarçamos.
Da próxima vai ter um CD da primeira dama como oferta!

Anónimo disse...

Na eventualidade de recrutarem Enfermeiros para cuidados de saúde primários, uma vez que Ela Saúde pode sofrer abalos imprevisíveis e em qualquer lugar, contacte-Me Senhor Embaixador "Por Favor" porque é sempre um serviço bem vindo...Já avaliou a Tensão arterial, a frequência cardíaca e respiratória após o esforço de estacionar o carro/voiture?... e a temperatura e a dor após pagar o parque?... E a determinação do peso e massa corporal após subir as escadas rolantes... Ah! Mas são seis sinais vitais indicadores do estado de saúde...

Só para dizer que estamos a fomentar o empreendedorismo fomentando a empregabilidade, a ideia do snack/ restaurante e mesmo cadeiras de repouso não me parece também nada má...
Isabel Seixas

José Barros disse...

A dos passarinhos já me aconteceu. Para as outras será preciso uma maior sorte. Como também é preciso sorte, às vezes, para encontrar um lugar num parque de estacionamento contrariamente aos lugares vazios da foto... ainda há pouco tempo fui obrigado a procurar um lugar durante umas dezenas de minutos para poder estacionar o que me obrigou a chegar alguns minutos atrasado ao teatro e percorrer mais de quilometro a pé com o frio gelado que a noite oferecia...

Julia Macias-Valet disse...

E a foto é a de algum parque de estacionamento com piscina ?

Anónimo disse...

Da Maria Cavaco? Ó Senhora Doutora! poupe-nos

Julia Macias-Valet disse...

Oh ! Anonimo !? Da Bruni.
O CD de que a Helena SC fala é da Bruni ; )
E que a idéia nao lhe chegue aos ouvidos. Porque quando lançou o 2 album ofereceu-o a todos os deputados da AR (AR Francesa, Anonimo...).

Helena Oneto disse...

O post e os comentários são uma delicia!
Em Madrid, com ou sem passarinhos, os futuros parques de estacionamento tambem surpreendem :
http://www.woehr.de/de/projekte/madrid_m710/index.htm

Maria Climénia Rodrigues disse...

Como deve ser bom, viver nessa cidade maravilhosa, que eu tãobem conheço, com todos os passarinhos e flores em parques de estacionamento...Por cá, neste Portugal, o quotidiano é bem diferente. O máximo luxo em estacionamento, é a inovadora ãtitude da nossa maravilhosa emel,(?) que decide disponibilizar aos transeuntes,um belo de um aparelho próprio, em que vamos pagando o nosso estacionamento directamente, sem termos que nos deslocar ás maravilhosas máquinas que estão invariavelmente fora de funcionamento, há como é bom viver neste paraíso, onde se constrói indiscriminadamente e selváticamente, e só restam parques de estacionamento e ruas e ruelas com estacionamentos cada vez mais caros.
Enfim, só nos vai restando, nestes dias de chuvae vento, nesta selva em que se transformou a nossa bela cidade de Lisboa um pouco de Vinicus o de Moraes que nos diz...
como é bom parar
ver um sol se pôr
ou ver um sol raiar
e desligar, e desligar...

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó Anónimo acha que eu ia preconizar ao nosso Embaixador uma tal prenda?
Não. Era de facto à Bruni/ Sarkozy que me referia. E não me atrevo a especificar a canção que podem vir a escolher para animar o parqueamento...
É que, de facto, os deputados, depois da oferta, andam a trauteá-la muito!:))