terça-feira, 22 de dezembro de 2009

UTAD

Desejem-me sorte! Desde o passado sábado, por decisão unânime (houve uma abstenção...) do Conselho Geral da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), a que já pertencia, passei a presidir àquele órgão, que tem uma competência na área da orientação estratégica daquela entidade de ensino superior - nos planos científico, pedagógico, financeiro e patrimonial.

A UTAD é uma das realidades mais pujantes da cidade onde nasci e, pelo que já fez pela região, merece que lhe dediquemos atenção. Com o mais bonito campus universitário do país, esta universidade passa por um tempo de mudança e tem à sua frente desafios muito importantes.

Como compatibilizar as minhas funções em França com estas novas responsabilidades? Com mais trabalho e com alguma capacidade de organização.

10 comentários:

Anónimo disse...

Sorte...
Boa é claro
Isabel Seixas

Parabéns também à UTAD pela continuidade na Inovação e Empreendedorismo.

José Barros disse...

Há prioridades que se opõem a outras prioridades e a opção de dar prioridade ao ensino superior é uma boa aposta no futuro. Ademais, é muito saudável para uma universidade (como o é para qualquer instituição) ter os bons decisores nos seus lugares. Também por isso lhe desejamos boa sorte porque não é um empreendimento para horas de lazer e cada dia só tem 24 horas...

Regina d'Ávila disse...

Passei para desejar um FELIZ NATAL..E PRÓSPERO ANO NOVO.
Abraços,
Regina d 'Ávila

Julia Macias-Valet disse...

A primeira vez que ouvia falar da UTAD foi à minha mae (funcionaria do MEN) que trabalhou sobre os planos de estudo dessa Universidade no final dos anos 70, depois a um grande amigo meu e colega de carteira da escola primaria, nos anos 80 (licenciou-se ai em Eng. Zootécnica e é hoje talvez o maior e mais dinamico empresario da minha terra). Hoje é a vez do Senhor Embaixador nos dizer que passara em breve a presidir ao Conselho Geral da UTAD.

Desejo-lhe SORTE !
E com um pouco de logistica tudo se ha-de arranjar.

Helena Sacadura Cabral disse...

Não tenho a menor dúvida, Senhor Embaixador, de que vai ser uma mais valia - eu sei, eu sei, a expressão está muito gasta -no alargamento de tarefas que agora se lhe pede. E que a criatividade de que tem dado tantas mostras vai, uma vez mais, ser a sua grande aliada!

Anónimo disse...

Os Conselhos Gerais são um desafio enorme para as universidades. A consomação da abertura das universidades à sociedade, ao mundo empresarial? O estabeleciemnto de uma cooperação sistémica com uma e outro?
Também pertenço ao Conselho Geral do ISCTE e o que me levou a aceitar foi exactamente o facto de ser "militante dessa causa.
MM

Helena Oneto disse...

Muitos parabéns Senhor Embaixador! Desejo-lhe muita sorte e saúde e faço votos para que o Pai Natal lhe ponha no sapatinho, além de tudo o que lhe pediu, o dom de ubiquidade também.

Feliz Natal!

Cunha Ribeiro disse...

Obrigado Sr embaixador por doar do seu sangue à sua e à minha UTAD.

manelserra disse...

Parabéns e Felicidades! Bastante mais trabalho, não?
Bom Natal e Bom Ano! Obrigado pelo "Duas ou três...) que temos seguido quase diáriamente durante este ano. Um grande abraço.

mega disse...

Parece-me que sorte não será um elemento necessário neste caso, atendendo ao facto de estarmos a falar de si. Tenho a certeza que tudo correrá bem, visto que o que se quer é fazer bem.

Boa sorte e Feliz Natal.

João Almeida