domingo, 8 de novembro de 2009

Vasco

É o afloramento da minha "costela" brasileira, mas não posso deixar de congratular-me vivamente com o retorno à divisão principal do Brasil do velho Vasco da Gama, o mais representativo clube português por aquelas terras.

Um forte abraço ao meus amigos vascaínos!

1 comentário:

Bento Freire disse...

É interessante que na foto que ilustra este post se veje, em 2 bandeiras a Cruz de Cristo. Defacto, seria a Cruz de Cristo o elemento iconográfico adequado ao nome do Clube. Acontece que o emblema evoluiu e hoje já não é a Cruz de Cristo que é ostentada no emblema, na bandeira e nas camisolas da equpa de futebol mas sim a erroneamente chamada Cruz de Malta (a verdadeira Cruz de Malta tem as 4 pontas bifurcadas que a transformam quase em estrela de 8 pontas; a cruz que actualmente simboliza o Clube é chamada "pateada").
É esta alteração acompanha e é explicada por um natural desvio da origem histórica do Clube, que foi perdendo as suas raízes lusitanas, embora as pretenda manter num certo folclore; mas se o Vasção é menos português, os portugueses do Rio não são menos vascaínos.