domingo, 21 de junho de 2009

Prix des Ambassadeurs

Há mais de 60 anos, foi criado em França o Prix des Ambassadeurs. Um júri, composto por um máximo de 20 embaixadores estrangeiros residentes em Paris, atribui anualmente um prémio a um autor de língua francesa, geralmente por um livro publicado nesse ano, sempre sobre um tema histórico ou histórico-político. Um grupo de membros da Academia Francesa faz um pré-selecção de um conjunto de títulos, submetidos depois, durante semanas, ao parecer dos diplomatas. A exemplo de antecessores meus, tive o prazer de ser cooptado para esse júri, pouco tempo após a minha chegada a Paris.

Depois de bastantes horas de leitura e algumas mais de deliberações, escolhemos, há dias, para o prémio deste ano, "La Fin - La République des Tourmentes", o volume que conclui a monumental obra de Georgette Elgey sobre a IV República - esse complexo período da História de França que vai desde o fim da II Guerra Mundial até à chegada ao poder do General de Gaulle, em 1958.

2 comentários:

T.Mike disse...

Com as maiores desculpas, mas não consegui arranjar outra forma de contacto, junto o texto que desejava enviar-lhe por e-mail:

Com todo o gosto e para seu conhecimento.

"O blog O Valor das Ideias atribuiu a Vermelho Cor de Alface, o Prémio Lemniscata:

“O selo deste prémio foi criado a pensar nos blogs que demonstram talento, seja nas artes, nas letras, nas ciências, na poesia ou em qualquer outra área e que, com isso, enriquecem a blogosfera e a vida dos seus leitores."

Sobre o significado de LEMNISCATA:LEMNISCATA: “curva geométrica com a forma semelhante à de um 8; lugar geométrico dos pontos tais que o produto das distâncias a dois pontos fixos é constante.


”Lemniscato: ornado de fitas Do grego Lemniskos, do latim, Lemniscu: fita que pendia das coroas de louro destinadas aos vencedores.
(In Dicionário da Língua Portuguesa, Porto Editora)
Acrescento que o símbolo do infinito é um 8 deitado, em tudo semelhante a esta fita, que não tem interior nem exterior, tal como no anel de Möbius, que se percorre infinitamente.
Texto da editora de “Pérola da cultura”


Seguindo as regras este prémio é para ser atribuído de seguida a 7 blogues.


Assim, atribuo-o a:


A Nossa Candeia
Da Literatura
Defender o Quadrado
Entre as brumas da memória
Homocivicus
Ponte Europa
Duas ou três coisas

Saudações

Anónimo disse...

Olhe lá, como tem tempo para tudo iso ? Gostava de saber, para conseguir organizar-me eu próprio. Não dorme ?