domingo, 8 de fevereiro de 2009

Um pouco de energia

Em tempos económicos menos bons, como aqueles que atravessamos, talvez faça um pouco de bem à nossa auto-estima verificar como outros reconhecem alguns sectores de excelência que existem em Portugal.

Esse é o caso das indústrias dedicadas às energias renováveis, analisado por esta reportagem da CBC, do Canadá.

3 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Insolentíssimo Senhor Embaixador, Amigo Chico

É uma alegria vê-lo, uma vez mais, metido nestas andanças internéticas, através de um blogue. Para já, pessoal. Depois - logo se verá.

A nossa Amizade, que muito me honra, estendeu-se interneticamente ao Brasil, onde o meu caro Amigo foi, em meu entender modesto, o melhor Embaixador que ali tivemos.

Não admira: continuo a considera-lo uma figura impar na nossa Diplomacia. E na nossa Política. Não me esqueço daquelas madrugadas dos Conselhos Europeus, em que o Secretário de Estado dos Assuntos Europeus alinhava com os escravos que se desunhavam para chegar à versão final das conclusões... finais das reuniões. Para mim, tornou-se o Seixas da Costa e o meu bom Amigo não me advertiu contra isso. Bem pelo contrário.

Já estou a segui-lo, uma outra vez. E as que forem para mim uma satisfação. Todas. Cá estarei. E, um dia destes, lá estarei, em Paris para lhe papar um almoço, pelo menos... Isto porque as Folies devem estar em crise - por força da... crise.

Um abração e felicidades pessoais e profissionais. Que o Chico bem as merece.

Azinheira disse...

Que bom que aparece ao fim desta pouca - muita - distãncia! Sobre o tema deste post parece que se conjugaram os ventos, dê uma olhada em http://www.energyfromportugal.com/homepage.html e já vai ver porquê. Pode ser que antes que o habitual ditado seja mencionado, alguém se engasgue com uma faúlha vinda do oeste! Esta que se assina Azinheira (por via do Alentejo e da canção), continua em SP e como vê faz também por promover o que a pátria mãe de tempos a tempos nos proporciona.
Ficarei de olho alerta neste novo blog. Como já lhe disse uma vez, aprende-se sempre consigo.

Rui M Santos disse...

Limito-me a subscrever o comentário de Henrique Antunes Ferreira, que não tenho o prazer de conhecer.
Tambem eu, no meu modesto entender, acho que vc foi o melhor Embaixador de Portugal no Brasil !
Um abração Francisco

Rui M Santos