domingo, 15 de fevereiro de 2009

Rui Paula

É necessária alguma coragem para nós, portugueses, nos aventurarmos pelas sendas da alta gastronomia, perante um país como a França, de onde partem os critérios de avaliação mais exigentes, como os guias Michelin anualmente fazem questão de recordar-nos. Justo ou injustamente, as coisas são assim.

A realidade, porém, é que Portugal tem já hoje uma série de chefes de cozinha que, sem favor, se apresentam num patamar de qualidade muito apreciável, pedindo meças a muitos estrangeiros.

Conheço relativamente bem um deles, Rui Paula, que hoje dirige o restaurante duriense DOC, depois de anos à frente do Cepa Torta, em Alijó. Em pouco tempo, Rui Paula fez do DOC uma referência da boa gastronomia portuguesa.

Recentemente, lançou um belo livro - "Uma Cozinha no Douro" -, escrito por Celeste Pereira e com fotos de Nelson Garrido, que agora acaba de ser galardoado com dois prémios do Gourmand Word Cookbook.

O autor deste blogue sente-se feliz por ter feito uma apresentação pública deste livro e de para ele ter modestamente contribuído com um pequeno texto.

No futuro, é minha intenção trazer Rui Paula a França - bem como outros destacados chefes portugueses -, a fim de podermos provar aos franceses que a nossa cozinha está num belo momento. E para adverti-los de que se cuidem...

1 comentário:

portugalyon disse...

Muitos dos Franceses que conheço acreditam que a cozinha Portuguesa é conhecida sò pelo bacalhau,o que é um engano.
Penso que os chefes Portugueses deveriam participar mais vezes nos salões internacionais,para publicitar a nossa gastronomia.
Devido à minha profissão desloco-me com alguma frequência a salões internacionais de agroalimentaria,restauração,industria alimentar etc...e tenho reparado que a presença portuguesa é sempre muito discreta,por vezes nem têm representação.
Nestas deslocações aprendi que hà Paises com ofertas gastronomicas muito atractivas,paises esses que jà mais imaginei pudessem ter uma alimentação tão variada e apetitosa,casos da Republica Checa,Romenia,Slovakia,Slovenia,Polonia etc...
Recentemente em paris decorreu o SIAL (Salão internacional alimentação),e nòs uma vez mais fomos discretos na participação,é pena.

Nuno Rodrigues