domingo, 15 de fevereiro de 2009

Cravos vermelhos

Depois do bloqueio, Israel autorizou a primeira exportação de flores produzidas em Gaza pelos palestinianos: 25 mil cravos vermelhos, destinados à Europa.
(Com vénia ao Corta Fitas)

3 comentários:

Teresa disse...

COM TANTOS CRAVOS ASSIM - E AINDA MAIS VERMELHOS - ATÉ SE PODE PENSAR QUE É POSSIVEL REVIVER A REVOLUCÃO. E NO INVERNO DE PARIS ACREDITAR NA PRIMAVERA...

Teresa Cerdeira disse...

COM TANTOS CRAVOS ASSIM - E AINDA MAIS VERMELHOS - A GENTE ATÉ ACREDITA QUE SE PODE REVIVER UMA REVOLUÇÃO... E DESCOBRIR A PRIMAVERA NO INVERNO DE PARIS.
COM UM ABRAÇO AMIGO

Jose Martins disse...

Bem o 25 de Abril está à porta. Prevejo o "Dia da Liberdade", palestino, nesse dia.